terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Atascada!!!

Hoje, a escrever-vos da minha árvore, e não do meu trabalho, vou-vos contar a minha peripécia!

Saio de casa e vejo tudo nevado, mas a estrada estava limpa. Avanço pelo caminho do costume, a passar cruzamentos alternativos sem ir por lá, porque a estrada só estava molhada e não nevada! Pensei cá comigo: "A Protecção Civil desta vez esmerou-se, não há neve na estrada, nem gelo".

Ia eu toda lampeira no meu carrito, subo o monte, sempre na boa, quando começo a ver os carros à minha frente a ligar os 4 piscas e a andar muito devagarinho... Eu não ia depressa, mas abrandei, e fiz o mesmo.

À minha frente, carros já fora da estrada (ainda bem que há ali terra), carros a deslizar e a tentar virar.

Sinto o meu a deslizar e assusto-me. Páro. Meto a 1ª e tento avançar. O carro não sobe e descai...

O camião atrás de mim já está parado a uma distância razoável, mas também não consegue ir para trás porque entretanto há mais carros parados atrás dele. Os que conseguem virar, vão-se embora.

O meu carro não avança. E torna a deslizar para trás.

Começo a "amaldiçoar" contra os gajos da Protecção Civil que deviam ter proibido o acesso àquela estrada, ou ter posto um aviso antes.

Ligo para o 112. Estão cheios de chamadas, e dizem-me que a PSP já está a vir para cá.

Vejo o reboque da PSP... a uns 500m mais acima. Não descem.

Eu não subo.
Nem desço.

Pensamentos:
Não tenho carro para estas aventuras. :(
Não tenho "unhas" para estas aventuras. :(

Tenho água e comida e gasóleo! :)
Tenho telefone!!! :)



Ligo para o trabalho a saber como estão as coisas. Há pessoal que conseguiu ir, outros não.

Um senhor sai do carro e vem ter comigo. Diz-me para virar as rodas todas na direcção da terra e acelerar um pouco em 1ª.
O carro não avança.
Ele empurra-o de lado e o carro consegue ir até à terra. Boaaa!
Agradeço ao senhor, que vai embora. (Ainda há cavalheiros!!! E ele tinha uma pick-up...)

Ligo para a minha irmã mais velha a pedir uma forcinha e reiki.
Já só está o camião atrás de mim, mas há trânsito que vem da minha frente e há jipes e pick-ups a passar por nós em ambos os sentidos.

O gelo está vidrado, parece mesmo uma camadinha para patinagem...

Um Mercedes passa por mim na direcção contrária, com alguma velocidade e aparente segurança. Comento com a minha irmã: "Pois, com aquelas sapatas também eu andava melhor!"
O Mercedes despista-se...
Não bateu em ninguém nem em lado nenhum, graças a Deus. E avançou mais devagar... (Imaginem que se despistava para cima de mim!??!?)

Está a começar a nevar outra vez!!! :o

O carro que está parado na terra à minha frente está batido, tem a frente amolgada, apercebo-me.
Desligo a chamada da minha irmã.

Ligo para a minha amiga Coccinellita, para apoio moral e porque é a gaja que mais percebe de carros que eu conheço (até mais que muitos homens). Ela ri-se comigo e pergunta-me onde estou. Conto-lhe as peripécias e ela diz-me: "Tenta virar o carro e ir para baixo".

Com ela ao telefone, encho-me de coragem e tento. (Já não há trânsito, agora sossegaram. O camião também está a tentar virar. A PSP não aparece.)

Viro o carro, sempre em 1ª. Consigo não me despistar, embora o sinta a deslizar.

AAAAAAIIIIIIIIIIIIII
Não tenho "unhas" para isto!

Lá venho eu... 4 piscas ligados, a 10km/h. Nem sequer tenho o pé no acelerador, o carro está simplesmente a descer...

Vejo atrás de mim mais carros... Vêm devagarinho... É bom que venham, antes que venham para cima de mim! Há pessoas que acham que têm "unhas" e são mas é umas inconscientes!
Assusta-me bater nos outros, mas também me assusta que venham para cima de mim!

Faço 1 km nisto...
Depois, já com o piso apenas molhado, meto a 2ª e avanço a 30km/h... Um carro da PSP passa por mim. (Duvido que passem naquele caminho.)

Já me estou a sentir melhor... :p
E a Coccinelita continua a dar-me conversa, é uma querida!
Continua a nevar.

Devagarinho, devagarinho, chego a casa!!!
Meto o carro na garagem!!!

ALELUIAAAAAAAAAAA!!!
:D

Neste momento em que escrevo, já espreita o Sol.
Talvez vá trabalhar à tarde!
Talvez... :p

13 comentários:

  1. Tens que comprar uma Pick Up com urgência!!;)

    BJS*

    ResponderEliminar
  2. Grandes aventuras..hehehe

    Então e as correntes... as luvas ..os skis... e o resto do equipamneto... não é todos os dias que se pode tirar um dia na Neve ;-P ...aproveita..

    e já agora... faz uns bonequitos de neve hehehe

    aproveita o dia que o tempo te dá hehehe ;-)

    Fica bem..


    mmmmmmmmmmmmmmmm m&m's

    ResponderEliminar
  3. Já estou habituado... Ainda bem que tiveste calma, a melhor amiga nestas situações. Os mais 'malucos' normalmente estampam-se. Mas não sou nenhum herói e pode acontecer a qualquer um...

    Permite-me corrigir um erro comum: as 'sapatas', presumo eu que fossem pneus largos, certo? Nesse caso, são mais inseguros em piso com gelo ou neve. Mais estreito, melhor! E claro que o tipo de pneu também faz diferença: piso seco, neve, chuva, há pneus para tudo. Eu tento adequar sempre com a zona onde moro e o clima que aqui se faz sentir

    **

    ResponderEliminar
  4. MissKitty: Não há dinehiro... E esses bichos consomem muito... :p

    Inside Me: Nada de brincadeiras... E fui trabalhar à tarde, vieram-me buscar! Esquece os bonecos, estava sem vontade nenhuma! :)

    Júlio: Tens toda a razão sobre as sapatas, um colega disse-me o mesmo, pensei que fosse ao contrário... Mas tem lógica, é uma questão de peso sobre área...

    Seja como for, fui trabalhar à tarde e avizinha-se mais uma noite nevada e uma manhã complicada... A ver vamos! :)
    Beijos a todos!

    ResponderEliminar
  5. Pois aqui para baixo só chuva e um frio do catano, se quiseres podes mandar a neve que será recebida com agrado... Mas ainda bem que correu tudo bem e chegaste bem ao teu destino conduzir no gelo não é para todos.

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Já agora se quiseres há desafio no meu blog!!

    :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Fadita, e com esta isto tudo da neve 3 coisitas
    1ª onde moras?
    2ª se tanto medo e tante preocupação...pk falavas ao tlm enquanto conduzias?
    3ª disseste que até o meu nº de telefone já sabes, não entendo porque não ligas logo às pessoas certas lol!
    bejitos frios e alvos!

    ResponderEliminar
  8. Caranguejo: Obrigada pela visita!

    Jorge: 1ª - no Bosque, claro! :p
    2ª - Eu não estava ao tmv no início, só quando fiquei presa... E na descida, ter alguém do outro lado era uma segurança, de que se me despistasse, alguém iria chamar ajuda... E estava com o auricular, óbvio!!!
    3ª - Agradeço, mas acho que não serias de grande ajuda... :)

    Beijos a todos

    ResponderEliminar
  9. explica-me uma coisa,
    ÉS OU NÃO UMA FADA???

    então...?!

    ResponderEliminar
  10. Pois Fadita, cometes os erros mais comuns dos seres mortais e, assim, tornas-te igual a eles, e eu não queria, pk tu és uma FADA!
    Então, interioriza:
    1 Se moras no bosque, não entendo esses medos...
    2 o problema dos tlm não são só a ocupação física mas tb a mental, está provado que durante e nos 20 minutos subsequentes `achamada a propensão para acidentes é maior, daí, o legislador ser um burro pois nem auriculares deveria ser permitido...
    3 pois não sabes, não sabes mesmo nada de mim para afirmares o que afirmas..
    bjito do que não serve para nada lol

    ResponderEliminar
  11. Inv3rs0 e Jorge Carvalho:
    fada (do Lat. fata, deusa do Destino)
    s. f.,
    entidade fantástica dotada de poder sobrenatural;
    mulher notável pela beleza, encanto, bondade ou graça.

    Fica ao vosso critério qual o tipo de fada que sou e quais os poderes que tenho! :D

    Jorge Carvalho:
    1º) Medos?!... Só de me poderem acontecer coisas ruins irremediáveis, porque até as Fadas têm "inimigos"... :p
    2º) Era precisamente a "ocupação mental" que me estava a fazer bem, porque me estava a concentrar no caminho, com a segurança de que não estava "sozinha"... E aí, digo-te, faço a maior parte das minhas viagens ao tmv (embora neste caso só o tenha ligado depois de estar parada, porque aqui não se justifica ligar durante) pois senão a minha mente "voa" para longe num instantinho... Sou assim, principalmente quando estou cansada...
    3º)Estava a referir-me a esta situação em específico, nunca disse que não servirias para nada... :(

    Beijinhos de chuva para os dois! :)

    ResponderEliminar

Sopra no vento o que pensas, sentes ou sonhas... Que o vento trará até ao alto da minha árvore as tuas palavras...

Obrigada...